Atenção à postura!!!

A má postura pode causar diversos problemas à saúde, desde alterações músculo esqueléticas até mesmo respiratórias. Quem nunca sentiu uma dorzinha nas costas? Normalmente, esses problemas são decorrentes da postura incorreta. Muitas vezes, a má-postura é incorporada inconscientemente, a pessoa vai se acostumando a usar o corpo de forma errada e não percebe. O fisioterapeuta é um dos profissionais que podem identificar essas alterações através de uma avaliação postural individualizada.

A maioria das alterações decorrem de problemas nos pés, a forma como a pessoa apoia o pé no solo ao caminhar. Uma maneira simples de identificar essas alterações é observar solas dos sapatos ou tênis para verificar se há locais mais gastos que outros, que revelam sobrecarga de peso em determinados pontos. Alterações na postura dos pés podem ocasionar problemas na coluna, no quadril, dores no joelho. Nem sempre o local da dor é aonde esta o problema, por isso a importância de avaliar todo o corpo e observar todas as alterações posturais.

Principais alterações posturais

Hiperlordose

É o aumento anormal da curva lombar levando a uma acentuação da lordose lombar normal. Os músculos abdominais fracos e um abdome protuberante são fatores de risco. A flexão do tronco usualmente alivia a a dor, de modo que a pessoa frequentemente prefere sentar ou deitar.

Hipercifose

É o aumento anormal da concavidade posterior da coluna vertebral, sendo as causas mais importantes dessa deformidade, a má postura e o condicionamento físico insuficiente. Doenças como espondilite anquilosante e a osteoporose senil também ocasionam esse tipo de deformidade.

Escoliose

É a curvatura lateral da coluna vertebral, podendo ser estrutural ou não estrutural. A progressão da curvatura na escoliose depende, em grande parte, da idade que ela inicia e da magnitude do ângulo da curvatura durante o período de crescimento na adolescência, período este onde a progressão do aumento da curvatura ocorre numa velocidade maior. O tratamento fisioterápico usando alongamentos e respiração são essenciais para a melhora do quadro.

Todas essas posturas podem ocasionar problemas na mecânica respiratória, compressão do pulmão, diminuição do volume pulmonar, obstrução das vias aéreas levando à alterações respiratórias  e isso em longo prazo pode ter conseqüências perigosas.

Joelhos em Varo ou em Valgo

VALGO: Consiste na aproximação dos joelhos e no afastamento dos pés. O indivíduo apresenta adução e rotação medial do fêmur, associadas ao excesso de rotação da tíbia. Caso o problema seja bilateral, os membros inferiores apresentam uma forma típica em X.

VARO: consiste no arqueamento das pernas, promovendo a projeção dos joelhos para fora da linha média do corpo, o que caracteriza um afastamento dos joelhos. O indivíduo apresenta abdução do fêmur e o excesso de rotação da tíbia.

Tipos de pés e pisadas

PLANO: pouca curvatura no arco plantar e deixam uma pegada quase completa no chão.
NORMAIS: arco plantar normal e deixam uma pegada com uma ligação visível entre o calcanhar e a parte frontal.
CAVOS: curvatura acentuada no arco plantar e deixam uma pegada com uma tênue conexão entre o calcanhar e a parte frontal.

PISADA PRONADA:  As pessoas  pisam com o pé apoiado para dentro, forçando o dedão e o calcanhar. É um tipo de pisada comum entre pessoas com pé chato. Provoca um desgaste maior na parte de dentro da sola dos calçados.

PISADA SUPINADA: A sola do sapato ou tênis gasta mais na parte externa. Este tipo de pisada provoca um maior contato da parte de fora dos pés no chão. Comum em pessoa com pé cavo.

.: Hérnias de disco, Espondilolistese, Bicos de papagaio, Dores musculares, DORT (Distúrbios Osteo-musculares Relacionados ao Trabalho) também são ocasionados por desvios posturais.

Cuidados com a postura

Se preocupar com a postura é uma atitude que promove a saúde, mantém o bem-estar e ajuda a combater muitas lesões posturais.

Quando ficar de pé é importante permanecer com a barriga rígida e ter a impressão que se tem um “ganchinho” no teto suspendendo a cabeça para o alto mantendo o queixo afastado do peito, os joelhos semi fletidos (levemente).

A posição sentada é a posição mais freqüentemente adotada pela maioria das pessoas nas atividades profissionais, domésticas e no lazer. Desta forma, é importante considerar a maneira como ficamos sentados, que tipo de cadeiras utilizamos e o que podemos fazer para prevenir.

No computador:

Em diversas atividades do dia-a-dia:

Ao deitar-se:

Ao dirigir:

Alongamento, Exercícios físicos, Pilates, RPG ajudam na melhor postura e no tratamento de distúrbios já instalados.

Na jornada de trabalho é muito importante párar uns minutinhos e alongar-se, caminhar e sempre estar atento a correção da postura.

DICA: Olhe-se no espelho ou procure um fisioterapeuta para conhecer o seu corpo e os seus desvios. Anote a sua postura correta e coloque em algum lugar visível para sempre lembrar. Assim você pode prevenir e até diminuir problemas relacionados a má postura!!!

Abraços!!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.